ESTA(N)DO

13263696_272746079780365_6372952434327396430_n.jpg
Minhas tristezas estão presas dentro de mim.
Sinto sua ausência.
Tenho sonhos; deliro, invento alternativas.
Mas só sinto mesmo sua ausência.

Todos os nós que tenho preso no meu peito,
não desenlaçam nunca e sempre pareço
estar à beira da morte, com o coração vacilante.

O medo não me acompanha.
Só a sensação de falta.
E não posso querer, não posso ter.
Há a falta, a ausência, pedaços incompletos.

Correntes, cadeias, compromissos.
Todas as coisas me prendem e me arrastam.
O dia é apenas um nascer e partir do sol.

Não tenho fé. Ela me arrastaria na cegueira
da paixão. E eu ainda sentiria sua falta…

Não há consolo para os que amaram e amam…

 

MARCOS SILVA

Anúncios

4 comentários em “ESTA(N)DO”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s